News

Brevemente!!

domingo, novembro 23, 2008

Naval + 3 Bois pretos - 0 Sporting - 1


Atitude... viu-se. Porque não são assim sempre? Foram dignos... assim são SPORTING!!!

Contra tudo... Contra todos... SPORTING SEMPRE!!!

A presença de Hélder Postiga atrás da dupla Derlei/Postiga foi a principal novidade no «onze» de Paulo Bento, que contou com Caneira, de regresso a defesa esquerdo e a manutenção de Carriço e Polga na zona central defensiva.

O Sporting inaugurou o marcador na primeira grande oportunidade de golo (14 m), quando Liedson combina com Derlei, após bola recuperada a meio-campo, com o «camisola 31», frente a Peiser, a colocar-lhe a bola por cima.

Coube a Rui Patrício, pouco depois, brilhar ao defender uma grande penalidade rematada por Lazaroni, a punir um corte com o braço, discutível no mínimo, de Marco Caneira. Este lance despertou, ainda mais, o Sporting, que, até ao intervalo, dispôs de mais três grandes oportunidades para aumentar a vantagem: livre directo a 35 metros de Miguel Veloso (34 m) e um remate forte de Liedson (40 m) foram travados por excelentes defesas de Peiser; Izmailov, após um movimento diagonal, rematou forte, mas por cima da barra.

No regresso dos balneários, o Sporting procurou baixar o ritmo do encontro e gerir o resultado com a posse de bola, intenção reforçada após a expulsão, por vermelho directo de Derlei, após falta sobre um navalista que, «quase morto», «recuperou» totalmente após alguns segundos de assistência medica e de Caneira, segundo amarelo, na segunda falta que fez durante o tempo que permaneceu em campo. Com nove elementos em campo, perdendo também Abel por lesão, o Sporting reformulou-se num 4x3x1, com Liedson sozinho na frente, e Izmailov, Moutinho e o recém-entrado Adrien Silva nas suas costas. Pereirinha e Veloso ocuparam as laterais defensivas.

Foram mais de 20 minutos de concentração e sacrifício defensivo – perante a Naval que terminou em 3x3x4 – com o Sporting a conseguir manter a vantagem e também perto de a aumentar, quando Liedson, aos 87 minutos e na melhor oportunidade de golo na segunda parte, viu o seu remate ser superiormente defendido, mais uma vez, por Peiser.

Em suma, as perto de 5000 pessoas que estiveram no Estádio Bento Pessoa, na Figueira da Foz, viram uma equipa unida contra a adversidade, que soube sofrer e que garantiu os três pontos, contra tudo e contra todos, de forma meritória.

Naval 1.º Maio, 0
Peiser; Carlitos (Baradji, 74 m), Paulão, Daniel (Marcelinho, 59 m) e Diego; Lazaroni, Hauw, Davide (Dudu, 59 m) e Bolívia; Marinho e Simplício.
Treinador: Ulisses Morais.
Suplentes não utilizados: Jorge Baptista, Fabrício e Godemech e Saulo.
Disciplina: cartões amarelos a Diego (72 m), Baradji (86 m) e Hauw (88 m).

SPORTING; 1
Rui Patrício; Abel (Adrien Silva, 73 m), Daniel Carriço, Anderson Polga e Marco Caneira; Miguel Veloso, João Moutinho, Marat Izmailov e Hélder Postiga (Bruno Pereirinha, 64 m); Liedson e Derlei.
Treinador: Paulo Bento.
Suplentes não utilizados: Tiago, Ronny, Yannick Djaló, Rodrigo Tiuí e Leandro Romagnoli.
Disciplina: Caneira (24 m), Rui Patrício (36 m) e Hélder Postiga (61 m). Cartão vermelho a Derlei (55 m).
Golo: Liedson (14 m)

Futebol – 9.ª jornada da Liga Sagres
2008-11-22 Estádio (Figueira da Foz)

Árbitros: Artur Soares Dias (Porto)
Árbitros auxiliares: José Cardinal e Rui Licínio

Resultado ao intervalo: 0-1

2 comentários:

Anónimo disse...

perdoem a minha insignificancia...sou um fan incondicional da JUVE nao tenho tido opurtunidades de ir ao estadio...a formaçao de grupos independentes na curva sul retirou poder a juveleo?!a juve esta a decair?!

UD1906 disse...

aparece na casinha a uma 5ª feira que costuma lá estar muita gente pra falar sobre isso.